Ir para o conteúdo

 

dinetec

A atual temporada de chuvas, que iniciou em setembro e geralmente termina em maio, está irregular em municípios do Médio Araguaia, o que significa que em alguns lugares as chuvas estão superiores à média histórica e, em outros, bem abaixo, resultando em perdas nas lavouras, até com registros de replantios.

Preço da arroba dispara em busca do recorde de R$300

Entre setembro e dezembro de 2019, a média de precipitações em Canarana, Água Boa e Nova Xavantina, foi entre 485 a 535 mm, mantendo uma regularidade maior. Em Canarana, onde está instalada uma estação convencional do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), de setembro a dezembro de 2019 foram registrados 485,6 mm. Em Nova Xavantina, onde o Inmet também possui uma estação, foram registrados 527,4 mm. Em Água Boa, conforme o morador Adelir Uebel, que há anos faz o registro, caíram 535 mm nos quatro últimos meses de 2019.

Já entre setembro e dezembro de 2020, há uma irregularidade nas precipitações. Em Canarana choveu até mais que no ciclo anterior, com 552,01 mm. Em Água Boa foram 541 mm, mas em Nova Xavantina foram apenas 365,8 mm. Relatos de produtores que fazem a medição em suas propriedades, indicam grandes diferenças de precipitações entre fazendas num mesmo município, demonstrando a irregularidade das chuvas. E mesmo onde as chuvas estão dentro da média, produtores dizem que os intervalos entre elas estão maiores.

A média de chuvas, que geralmente vai de setembro a maio, em Canarana é de 1.800 mm. Pelo histórico, ainda faltam cair quase 1.300 mm entre os meses de janeiro e maio, ou em torno de 250 mm por mês até o final do ciclo, o que será suficiente para safra e safrinha, desde que as chuvas sejam regulares e sem veranicos de intervalo.

Por AGRNotícias.

2 comentários

  1. […] Chuvas irregulares no Médio Araguaia – Confira comparativos de 2019 e 2020 […]

  2. […] Chuvas irregulares no Médio Araguaia – Confira comparativos de 2019 e 2020 […]

Deixe uma resposta

Role para cima
%d blogueiros gostam disto: