Ir para o conteúdo

Publicidade.

Vereadores de Canarana aprovaram em Sessão Extraordinária no dia 27 de julho, o Projeto de Lei n° 52/2022, de autoria do prefeito Fábio Faria, que concede o direito de uso de uma área de 25 hectares para o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), para instalação de um campo de ensaio de culturas alternativas e de um polo de irrigação.

Lavoura de gergelim em Canarana; Foto – AGR.

São parceiros nessa iniciativa do IFMT, a Embrapa, Aprofir, Empaer e Secretaria Municipal de Agricultura. O prazo de concessão é de 20 anos e o IFMT tem dois anos para iniciar a implementação. Porém, vale ressaltar, que experimentos já estão sendo feitos no local, o que culminou, inclusive, com o 2º Dia de Campo Tecnologias Para 2ª Safra, durante a Feican 2022.

LEIA MAIS – Dia de Campo da Feican teve crotalária como alternativa de 2º safra e palestra de ex-ministro

A área concedida ao IFMT fica ao lado do Parque de Exposições. Pertence à matrícula de 44 hectares permutada em 2020 para possibilitar a ampliação do Aeroporto Municipal. O remanescente foi cedido para as pesquisas, o que não seria possível na antiga área permutada, que apesar de maior, fica à 6 km da cidade e não possui infraestrutura como energia ou água.

O campo de ensaio e o polo de irrigação que serão desenvolvidos nos 25 hectares, tornarão Canarana referência em pesquisas de culturas alternativas, como o gergelim. Já o polo dará suporte para investimentos em irrigação, possibilitando a terceira safra no município. O próximo passo, é que a área abrigue também um centro de pesquisas da Embrapa.

Por AGRNotícias.

Deixe uma resposta

Role para cima
%d blogueiros gostam disto: