Ir para o conteúdo

TRR-Topázio (1)

Implantação de um viveiro em Campinápolis – MT. Este é o resultado de uma parceria entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), Sindicato Rural e Secretaria Municipal de Educação. A iniciativa surgiu durante o treinamento de viveirista em fruticultura ocorrido em outubro deste ano.

Implantação de um viveiro em Campinápolis - MT. Este é o resultado de uma parceria entre o Senar, Sindicato Rural e Secretaria de Educação.

Curso de viveirista do Senar em Campinápolis; Foto – Assessoria.

Segundo o mobilizador Igor Vieira dos Reis, com a implantação do viveiro foi necessário solicitar mais um treinamento voltado para este setor. “Demandamos o treinamento de viveirista de essências florestais para auxiliar na capacitação dos participantes e na implantação do viveiro”.

LEIA MAIS – Senar-MT capacita mão de obra para operação de Pulverizador Autopropelido

Este curso tem carga horária de 40 horas. O objetivo é ensinar os participantes a produzir mudas florestais nativas e exóticas para reflorestamento em áreas degradadas e para o plantio comercial.

Para o instrutor credenciado junto ao Senar-MT, Rafael Reginato Ávila, o treinamento surge com a ideia de destacar a importância das áreas florestadas, principalmente no setor mercadológico. “É importante qualificar os produtores para atender a demanda de produção de mudas para o mercado, que tende a crescer cada vez mais. E quem estiver alinhado às práticas ambientais e florestais poderá se beneficiar neste cenário”.

Ávila acrescenta que o projeto do viveiro em Campinápolis atenderá as necessidades da região em relação às questões ambientais. “A ideia é atender uma demanda dos produtores rurais, da população em geral e estimular o plantio e revitalização de áreas degradadas do município”.

Para Fabiana Lopes da Cunha, que participou dos dois treinamentos de viveirista, a capacitação auxiliará no cumprimento de leis ambientais e ensinará de que modo fazer. “Creio que de certa maneira, o curso nos faz ter essa consciência de como é importante reflorestar nossas propriedades”.

Por Assessoria de Imprensa/ Senar-MT.

Deixe uma resposta

Role para cima
%d blogueiros gostam disto: