Ir para o conteúdo

TRR-Topázio (1)

A pouco mais de 40 quilômetros da sede urbana de Canarana – MT, na Fazenda Recomeço, Neorildo Goldoni e o filho, Matheus, cultivam 27 hectares de melancia.  A colheita, com mão de obra terceirizada, iniciou no último sábado (01/08) e os produtores, que já cultivam a fruta há quase 3 décadas, falam sobre as expectativas de safra.

Matheus Goldoni explica que frente a pandemia causada pelo novo coronavírus, a família quase desistiu do cultivo da fruta em 2020. Contudo, a aposta rendeu ganhos e o preço pago pelo quilo da melancia está bem acima da média história, sendo cotado a R$ 1,40/kg.

Assentados em Canarana colhem gergelim orgânico para o mercado japonês

A melancia colhida na Fazenda Recomeço, é de terceira safra, e vai abastecer todo o mercado de Mato Grosso. Os caminhões carregados no dia primeiro foram destinados para a capital Cuiabá,  e as cidades de Rondonópolis e Sorriso.

Sob o sol escaldante do cerrado mato grossense, saborear uma melancia, produzida no próprio solo, é um alívio para o calor na certeza de estar contribuindo para o aumento de renda e empregos regionais.

E assim como o empenho da família Goldoni no cultivo de melancia, também é o empenho de cada produtor rural, que estão transformando cada vez mais o Vale do Araguaia num motor de desenvolvimento estadual e palco de cada vez mais culturas.

Por AGRNotícias. Fotos: AGRNotícias. Fotos aéreas: RF Imagens.

Deixe uma resposta

Role para cima
%d blogueiros gostam disto: