Skip to content

TRR-Topázio (1)

Em Vila Rica, a Polícia Militar flagrou o funcionário de uma fazenda comercializando o gado que havia furtado da propriedade que trabalhava, na noite de sábado (18), na zona rural. Os policiais recuperaram 10 cabeças de gado que já estavam em um caminhão. O motorista do veículo e o caseiro da fazenda foram presos por crime de furto.

Os animais furtados foram apreendidos pela Polícia Militar em um caminhão que seria descarregado em outra propriedade em Vila Rica.

Dez cabeças de gado foram recuperadas na ação da PM; Foto – PMMT.

Os dois homens (69 e 32 anos) foram detidos em flagrante pela PM às 19h45 da noite de sábado. A polícia chegou até os suspeitos após ser acionada pela vítima que é proprietária da fazenda em Vila Rica e informou que o  caseiro que trabalha para ele estava furtando seu gado. A vítima disse ainda que havia conseguido a localização do caminhão com os seus animais.

LEIA MAISFurto de gado em Canarana/MT – Ladrões ‘esquecem’ documentos no caminhão

Os policiais iniciaram as buscas e flagraram o caminhão com 10 cabeças de gado sendo conduzido por um dos suspeitos.  O motorista do veículo alegou que estava levando os animais para a  fazenda de uma mulher (já identificada pela PM ) e que não tinha a documentação da procedência do gado.

No momento da abordagem, o motorista recebeu a ligação do caseiro  informando que estava esperando o caminhão na saída da cidade, para mostrá-lo aonde seria descarregado o gado. De imediato, os policiais se dirigiram ao local e o suspeito foi preso em flagrante.

Na abordagem, o caseiro confessou que havia furtado e que já havia vendido os animais do seu patrão. O homem relatou ainda que vendeu todo o gado para uma mulher e que recebeu dela três cheques bancários que seriam descontados na segunda–feira (20).

O gado e o caminhão foram apreendidos. A mulher apontada pelo suspeito foi identificada, os policiais chegaram de  ir até a propriedade dela, mas não havia ninguém no local. O motorista e o caseiro foram conduzidos à delegacia por furto.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

Por Greyce Lima/Secom-MT.

Deixe uma resposta

Scroll To Top
%d blogueiros gostam disto: