Ir para o conteúdo

Publicidade.

A piscicultura no município de Canarana-MT, deve chegar até o final desse ano, a quase 150 hectares de lâmina d’água de açudes. Os dados foram disponibilizados pela Secretaria Municipal de Agricultura.

Despesca em tanque na Fazenda Cocal; Foto – AGR.

Conforme o secretário Cleyton Dias, no ano passado foram abertos dois hectares de tanques, através de um programa criado pela pasta, atendendo mais de 20 produtores. Nesse ano, com o início do período da seca, devem ser atendidos 30 produtores, com expectativa da abertura de mais três hectares, o que elevará os números do município para 148 hectares de lâmina d’água.

LEIA MAIS – Cocal produz 1.500 toneladas de peixes por ano e coloca Canarana entre as maiores pisciculturas de Mato Grosso

“Temos na Secretaria de Agricultura uma fila de espera de 70 produtores que querem a abertura de tanques. A metade devemos atender esse ano e a outra metade no ano que vem. Temos um potencial muito grande na piscicultura”, disse Cleyton.

O maior produtor do município é a Fazenda Cocal, que possui 128 hectares de lâmina d’água. Os outros 20 hectares estão divididos entre pequenos produtores, que tem a produção tanto para subsistência, quando voltado para venda ao comércio local.

O município de Canarana é atualmente o quinto maior produtor de peixe de tanque do estado de Mato Grosso. A Fazenda Cocal, por exemplo, produz mais de 1,5 milhão de toneladas por ano das espécies Tambatinga e Pintado, que são vendidos em estados da região Centro Oeste.

Por Rafael Govari para AGRNotícias.

Deixe uma resposta

Role para cima
%d blogueiros gostam disto: