Ir para o conteúdo

TRR-Topázio (1)

Conhecido como o maior produtor de grãos do Vale do Araguaia, o município de Querência – MT também possui projetos importantes no ramo da fruticultura. Um desses projetos é o Pró-Limão, desenvolvido desde 2018.

Conhecido como o maior produtor de grãos do Vale do Araguaia, Querência implementou em 2018 o Projeto Pró Limão.

Projeto Pró-Limão em Querência; Foto -Reprodução.

A iniciativa foi implantada inicialmente no município de Peixoto de Azevedo – MT em 2011, sendo executada pelo Governo do Estado com adesão dos municípios onde os produtores demostraram interesse. Foi o caso de Querência.

LEIA MAIS – Pitaya se mostra viável em Canarana e produção deve ultrapassar meia tonelada

LEIA MAIS – Cultivo de limão irrigado garante produção de quatro toneladas por mês

Conforme o secretário de Agricultura de Querência, Luiz Vezaro, três produtores plantaram 993 mudas do limão taiti em 2.018 e já estão colhendo as primícias das frutas, apesar dos desafios iniciais. A primeira produção de limões ocorreu nesse ano, ainda em pequena escala.

Um dos desafios é que as mudas foram atacadas pelas formigas e pela larva da mosca minadora. Os produtores também disseram que a falta mão de obra especializada para trabalhar no pomar foi outro desafio para implementação da cultura frutícola.

“A falta de experiência com a cultura não oferece ainda a perspectiva de quanto pode ser produzido no futuro pelos pomares implantados. Mas mesmo assim, os produtores estão otimistas”, contou Vezaro.

Os limoeiros foram introduzidos em pequenas áreas nos P.A. Pingos D’Água e Coutinho União, distantes 30 e 90 km da cidade, respectivamente. Com o aumento da produção, que deve ocorrer naturalmente ao longo dos anos, os produtores esperam atender primeiramente ao mercado local e o excedente no comércio da região.

“Nosso pensamento agora é incentivar os pequenos produtores para aumento da área ocupada com outras frutas cítricas, bem como, incentivar com que outros produtores se interessem pelo projeto Pró Limão”, complementa o secretário.

Conhecido como o maior produtor de grãos do Vale do Araguaia, Querência implementou em 2018 o Projeto Pró Limão.

Pro Limão/MT

Os agricultores familiares receberam do Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf), 16.000 mil mudas do limão taiti, do projeto denominado Pró-Limão.

O programa que possui validação da Seaf, Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) e do Instituto Paranaense de Pesquisa e Assistência Rural (Iapar) por meio do pesquisador Eduardo Fermino, que é PhD do laboratório de biotecnologia do estado do Paraná, tem por objetivo disseminar boas práticas da cultura do limão pelos municípios mato-grossenses.

As mudas de limão, que foram compradas em São Paulo, possuem excelente material genético e tem como vantagem a alta produtividade e resistência as principais pragas, em especial a gomose. Cada muda foi adquirida por R$ 9,50, sendo que em qualquer viveiro de Cuiabá, uma planta desta custa pelo menos R$ 20.

Peixoto de Azevedo, Matupá, Guarantã do Norte, Terra Nova do Norte, Nova Guarita, Cuiabá, Santo Antônio do Leverger, Querência, Itiquira, Chapada dos Guimarães e Rosário Oeste, são os municípios que receberam inicialmente as mudas do programa, que irá beneficiar cerca de 50 pequenos produtores.

Por AGRNotícias.

1 comentário

  1. […] Em Querência, Projeto Pró-Limão colhe os primeiros frutos […]

Deixe uma resposta

Role para cima
%d blogueiros gostam disto: