Ir para o conteúdo

A comemoração da 17ª edição do Dia Nacional do Campo Limpo, em 18 de agosto, será adaptada ao formato virtual pela segunda vez. Com o tema “Responsabilidade para agir e conservar”, o evento terá várias atividades que vão conectar os participantes virtualmente. O grande destaque será a realização de ações de solidariedade, envolvendo 96 unidades de recebimento de todo o país.

Arrecadação de cestas básicas pela Ardava do Dia Nacional do Campo Limpo; Foto – Assessoria.

O Sistema Campo Limpo (programa de logística reversa de embalagens vazias e sobras pós-consumo de defensivos agrícolas) promoverá a arrecadação e doação de alimentos e tem a expectativa de superar as 155 toneladas de alimentos doados em 2020. No estado de Mato Grosso, participarão 15 centrais de recebimento, localizadas nas cidades de Campo Novo do Parecis, Campo Verde, Campos de Júlio, Canarana, Diamantino, Lucas do Rio Verde, Mirassol do Oeste, Nova Mutum, Primavera do Leste, Rondonópolis, Sapezal, Sinop, Sorriso e Tangará da Serra.

LEIA MAIS – Ardava entrega cestas básicas no Dia Nacional do Campo Limpo

As atividades presenciais serão substituídas por iniciativas virtuais e por ações solidárias nas diversas localidades. O inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias), entidade gestora do Sistema, e associações de revendas realizaram parcerias com instituições para promover doações de cestas básicas e outros itens. Essas ações solidárias serão a principal forma de comemorar os bons resultados do Sistema, que é referência mundial e já destinou corretamente mais de 620 mil toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas desde 2002. No ano passado, foram encaminhadas para reciclagem 93 de cada 100 embalagens recebidas.

Em Canarana-MT, conforme a gerente da Ardava, Eliane Felten, foram arrecadadas 70 cestas básicas, que em uma parceria com a Secretaria de Ação Social, foram entregues para famílias que residem no antigo lixão. “Um deles chegou a falar que, às vezes, se sentem esquecidos e que quando uma ação dessas chega sem eles pedirem, ficam muito felizes”, disse Eliane.

Arrecadação de cestas básicas pela Ardava do Dia Nacional do Campo Limpo; Foto – Assessoria.

“Vamos ajudar a comunidade com o mesmo empenho com que mantivemos as unidades do Sistema operando com segurança para atender às necessidades do setor agrícola. Nossa agilidade para nos adaptar permitiu superar metas de destinação e ter muito para comemorar”, afirma João Cesar Rando, diretor-presidente do inpEV.

O evento oficial do dia 18 de agosto será o programa Agro 360 Especial Dia Nacional do Campo Limpo, exibido, às 13h, no Canal Terra Viva. Com a participação de representantes de elos da cadeia agrícolas e convidados, o programa mostrará várias ações de solidariedade que acontecerão em todo o país. Durante a semana, serão mostradas nas redes sociais do inpEV as iniciativas solidárias, assim como vídeo com o caminho das embalagens, homenagens a agricultores e uma esquete teatral gravada, direcionada para alunos do Ensino Fundamental.

O encerramento da comemoração virtual será na sexta, dia 20h, às 16h, com a exibição de vídeo com os resultados da campanha de solidariedade.

Para acompanhar as atividades, siga as redes sociais do inpEV e acesse https://inpev.org.br/dncl/.

Sobre o Dia Nacional do Campo Limpo

O Dia Nacional do Campo Limpo foi instituído no calendário brasileiro em 18 de agosto, por meio da Lei Federal 11.657 de 16 de abril de 2008. Desde então, cerca de um milhão de pessoas, de todo o país, já participaram das comemorações. A celebração da data é realizada pelas unidades de recebimento de embalagens vazias, com apoio do inpEV, seus associados fabricantes de defensivos agrícolas, entidades representativas do setor, organizações públicas (governo municipal e estadual) e privadas, além de outros apoiadores locais.

Sobre o inpEV

Desde 2002, o inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias) é entidade gestora do Sistema Campo Limpo nas atividades de destinação de embalagens vazias de defensivos agrícolas e promove ações de conscientização e educação ambiental sobre o tema, conforme previsto em legislação. É uma instituição sem fins lucrativos formada por mais de 100 empresas e nove entidades representativas da indústria do setor, distribuidores e agricultores.

Sobre o Sistema Campo Limpo

O Sistema Campo Limpo tem como base o princípio das responsabilidades compartilhadas entre todos os elos da cadeia produtiva (agricultores, fabricantes e canais de distribuição, com apoio do poder público) para realizar a logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas. O Brasil é referência mundial na destinação ambientalmente correta do material, encaminhando 94% de embalagens plásticas primárias para reciclagem ou incineração.

Mais informações sobre o inpEV e o Sistema Campo Limpo estão disponíveis no site www.inpev.org.br, no FacebookYoutube e Instagram.

Por Assessoria de Imprensa.

Deixe uma resposta

Role para cima
%d blogueiros gostam disto: