Ir para o conteúdo

Cepea, 20/10/2021 – As cotações do arroz em casca seguem em queda no mercado spot do Rio Grande do Sul. Segundo colaboradores do Cepea, parte dos agentes está afastada das negociações, aguardando um “realinhamento” entre os valores do arroz em casca e os do beneficiado.

O Médio Araguaia já foi uma das maiores produtoras de arroz do Brasil, mas aos poucos a cultura foi perdendo espaço.

Lavoura de arroz do produtor Sérgio Piccinini; Foto -Reprodução

Além disso, chuvas em algumas regiões do estado no fim da última semana dificultaram o carregamento dos lotes já comercializados e reduziram o interesse em novas negociações. Assim, entre 13 e 19 de outubro, o Indicador ESALQ/SENAR-RS do arroz 58% grãos inteiros recuou 1%, fechando a R$ 72,52/sc de 50 kg nessa terça-feira, 19.

Mais de 3 toneladas de defensivos são apreendidas em Rondonópolis (MT)

No acumulado parcial deste mês (de 30 de setembro a 19 de outubro), a baixa é de 2,76%. Em termos globais, dados do USDA indicam que a disponibilidade mundial de arroz deve continuar aumentando, com crescimento da produção previsto para a temporada 2021/22.

Já no Brasil, a produção pode ser limitada pela menor área destinada ao cereal e pelo atraso da semeadura na temporada atual, devido às recentes precipitações – no Rio Grande do Sul, o maior produtor nacional, as atividades haviam alcançado 36% da área prevista até a semana passada, contra 45,25% no mesmo período do ano passado, segundo o Irga.

Fonte: Cepea

Deixe uma resposta

Role para cima
%d blogueiros gostam disto: